Leituras de Outubro

Nesse mês, li um total de seis livros, um a menos do que o mês passado. Mas, em compensação, esse mês foi muito mais produtivo, com leituras melhores, mais fluidas e com histórias mais bem construídas. Esses foram os livros lidos:

Joyland - Stephen King

Tem resenha desse livro aqui no blog, onde eu conto tudo o que achei do livro. Estou tentando entrar um pouco no universo do King, por isso optei por essa leitura, e não me arrependi. O livro começa num ritmo bem lento, mas quando mostra a que veio, a leitura flui rapidamente. A escrita do King nas últimas páginas do livro, quando acontece a resolução, é fantástica, e eu terminei esse livro encantada com o autor e querendo ler mais obras dele.











Cidade dos Etéreos - Ransom Riggs

Bom, quem me acompanha lá pelo instagram, sabe minha opinião sobre esse livro. Eu gosto bastante dessa trilogia e me encantei com o primeiro livro. Mas, a partir desse livro, comecei a achar a narrativa um tanto cansativa, como se o autor nos enrolasse em alguns momentos; alguns personagens e fatos aleatórios que nada acrescentam à trama. Foram alguns fatores que me irritaram, mas que não tiram o brilho e a criatividade da obra, ainda mais com o final surpreendente desse livro e o gancho que o autor deixa para Biblioteca de Almas.







Biblioteca de Almas - Ransom Riggs

O livro começa exatamente onde parou Cidade dos Etéreos. O começo desse livro eu achei bem chato e enrolado. Novamente, informações aleatórias, situações que poderiam ser melhor trabalhadas e coisas do tipo me irritaram no início desse livro. Mas, a partir do momento em que Jacob e Emma descobrem sobre a Biblioteca de Almas, a trama dá uma boa guinada, trazendo algumas explicações e fechando a história de uma forma muito satisfatória. Ainda achei algumas coisas bem desnecessárias, mas no geral, gostei da trilogia.







Perdida - Carina Rissi

Gente, esse foi meu primeiro com a autora e foi M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Sério, a escrita da Carina é tão legal, tão simples, fluida que você lê rapidamente e nem se dá conta disso. Tem resenha de Perdida também aqui no blog, e deixei bem claro lá o quanto amei ter conhecido a história de Sofia e a escrita da Carina Rissi. Esse livro me fez rir como poucos fazem, e fez eu me apaixonar por um casal numa época em que eu estou cada vez mais rigorosa com romances e casais bobinhos. Amei demais!








Encontrada - Carina Rissi

Continuação de Perdida, é tão encantador e engraçado quanto o primeiro A autora encontrou uma Sofia uma personagem extrovertida e cativante que consegue segurar bem uma história. Claro que não era uma história extremamente necessária, poderíamos ficar bem apenas com Perdida, mas Encontrada consegue ter seu lugar, com novos personagens e novas situações que Sofia tem que enfrentar. Carina Rissi se livrou da maldição do segundo livro, e nos trouxe uma boa sequencia.









Inferno - Dan Brown

Eu sou fã de Dan Brown. O cara usa basicamente a mesma fórmula em todos os seus livros, mas sempre consegue surpreender e não foi diferente com Inferno. Confesso que, por ter assistido ao filme antes, a leitura do inicialmente estragada porque eu não conseguia me livras das imagens do filme. Mas, à medida que a leitura vai avançando, a gente se dá conta de que o universo do livro é infinitamente melhor elaborado e com uma imersão psicológica grandiosa nos personagens. Uma obra ótima que nos faz questionar quais seriam as melhores opções para a sobrevivência da humanidade na Terra.

0 comentários:

Postar um comentário