Resenha - Essa Luz Tão Brilhante

Nome: Essa Luz Tão Brilhante
Autora: Estelle Laure
Editora: Arqueiro
Páginas: 208
Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.
Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.



Em Essa Luz Tão Brilhante, conhecemos Lucille, uma garota de 17 anos que de repente se vê diante de grandes responsabilidades.
Os pais de Lucille, por motivos que não posso dizer para não dar spoiler, se tornam ausentes, e a garota e sua irmã Wren, de 9 anos. se veem sozinhas, contando com Eden, melhor amiga de Lucille, e Digby, irmão gêmeo de Eden e garoto pelo qual Lucille é apaixonada.
Inicialmente, Lucille fica assustada e um tanto paralisada pela sua situação. Não é para menos, uma garota de 17 anos que tinha outros planos de repente tem que assumir responsabilidades que não estavam no script de sua vida tão cedo. Com um empurrãozinho aqui e outro ali, Lucille acorda para a sua dura realidade e percebe que sua vida já não é mais a mesma.
Agora tendo que sustentar a si mesma e a sua irmã, estudar para não deixar as notas caírem, trabalhar, lidar com os problemas que a ausência de seus pais causaram na pequena Wren, Lucille encontra forças de algum lugar dentro de si mesma que nem ela achava que tinha.
Apesar do momento terrivelmente ruim na vida de Lucille, o livro é de uma leveza sem fim, os bons momentos prevalecem e grande parte disso se deve aos personagens carismáticos e preocupados, e tão humanos e solidários!



Vamos de Eden e Digby aos colegas de trabalho de Lucille, todos dispostos a ajudar a garota, ainda que ás vezes Lucille se feche em sua casca.
O livro traz as nuances dos relacionamentos de Lucille, sem nunca tornar o fardo da garota tão pesado que a gente pense que não tem solução.
Eden está sempre ali, e dá conselhos maravilhosos. É aquela amiga que está lá para tudo. Mesmo nos momentos em que a amizade parece se fragilizar, sabemos que Eden ainda é a primeira pessoa de Lucille, talvez atrás apenas de Wren. O relacionamento entre Lucille e Eden mostra o lado belo da amizade, e como todos somos falhos, mas mesmo assim podemos seguir em frente.
Digby está sempre ajudando Lucille. Aqui temos algo mais complicado, enquanto a amizade dos dois se transforma em algo mais, mas Digby já é comprometido, então o que fazer? Ainda assim, Digby é aquele personagem encantador que, muitas vezes, foi o chão que impediu que nossa protagonista desmoronasse.
Wren é uma fofura que só, e muito madura para a idade, talvez devido a tudo que lhe aconteceu tão cedo. Ela á capaz de ajudar Lucille, muito mais do que as duas imaginam.
Falo desses três importantes personagens, mas há muitos outros que rodeiam Lucille e Wren e mostram o lado positivo do ser humano.
Lucille é uma personagem forte, que esbarra cedo demais com algumas dificuldades da vida. É obrigada a encarar fatos que não deveriam fazer parte de uma garota de 17 anos e, aos poucos, percebe que nem tudo é fácil, nem tudo é preto no branco, e que a vida tem muitas nuances.
O livro é escrito de uma forma muito fluida pela Estelle Laurie. Confesso que, em alguns momentos, eu achei maçante, ainda que esses momentos tenham sido poucos. No geral, foi uma leitura bem agradável e mais leve do que eu imaginava.

6 comentários:

  1. Sou apaixonada por essa capa 😍 Parabéns pela resenha. Beijos!

    Bookbybook21.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda, e a história também <3
      Eu super recomendo.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi! Estou encantada com a capa desse livro e creio que vou gostar da história. Muito bom a autora ter deixado a leitura leve, mesmo tendo assuntos complicados. Bjos, seguindo o blog!

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da história, é realmente uma boa pedida!
      Sim, a escrita leve foi uma coisa que me surpreendeu também, no bom sentido.
      Beijos <3

      Excluir
  3. Oiiiiieee!!!
    Esse livro tá na minha lista!!
    Esses livros levinhos são muito bom pra curar ressaca literária ;)
    Espero ler em breve ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  4. Ah, céus! Já quero muito ler esse livro! Se você gostou desse, te indico "Proibido" da Tabitha Suzuma. Tem essa mesma pegada de filhos abandonados, os irmãos mais velhos se virando para cuidar e esconder os mais novos, pais ausentes (e irresponsáveis), e digamos, um romance um tanto peculiar :D

    Paz,♥
    Livros e Um Segundo Mundo /

    ResponderExcluir